Noticias Notícias da Cidade

PF opera ação antipedofilia em 17 estados

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Nesta quinta-feira (18), a Polícia Federal iniciou uma operação de combate à disseminação de pornografia infantil pela internet. Intitulada como “Cabrera”, o procedimento busca impedir que imagens e vídeos sejam guardados e compartilhadas.

No total, foram expedidos 93 mandados de busca e apreensão. Além disso, a justiça também autorizou duas prisões preventivas por tempo indeterminado, e uma condução coercitiva. As ações acontecem em 17 estados; Acre, Amazonas; Amapá; Bahia; Ceará; Distrito Federal; Goiás; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Pará; Paraná; Pernambuco; Rio de Janeiro; Rio Grande do Sul; Rondônia; Santa Catarina e São Paulo.

A Polícia Federal reuniu informações sobre os alvos de investigação, que não estão diretamente relacionados entre si, mas que tratam de disseminar pornografia infantil pelo país. Os suspeitos compartilhavam fotos e vídeos por meio das redes sociais, e-mails e aplicativos de mensagem de vídeo. As penas previstas variam de 1 a 6 anos de prisão.

A operação “Cabrera” foi batizada com esse nome em homenagem a Araceli Cabrera Sánches Crespo, uma menina brasileira de 8 anos que foi violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. Posteriormente, a data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *