Cidades

Entre o sobre e desce, varejo paulista contrata mais de 15 mil empregos formais em novembro

O comércio varejista do Estado de São Paulo foi mais generoso em novembro e abriu 15.772 novos postos de trabalho formal, de acordo com levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Com o resultado, o varejo encerrou o mês com estoque total de 2.088.016 trabalhadores, queda de 2,5% na comparação com o mesmo mês de 2015.

Por outro lado, o saldo positivo é superior em 2.090 empregos formais ao registrado em novembro de 2015, quando foram criados 13.682 postos de trabalho. A explicação para o aumento está nas contratações para o Natal.

No ano anterior, o setor amargou o pior saldo desde 2007. Os dados compõem a Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP), realizada mensalmente pela entidade com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e o impacto do seu resultado no estoque estabelecido de trabalhadores no Estado de São Paulo, calculado com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para a FecomercioSP, o menor número de desligamentos e o aumento nas admissões demonstraram que os empresários estavam minimamente mais otimistas no fim de 2016. A recuperação dos indicadores de confiança, diminuição dos recuos mensais das receitas de vendas e melhores perspectivas para economia em 2017, com redução de inflação e juros, auxiliaram esta tendência mais positiva.

Mesmo com o bom desempenho em novembro, sete das nove atividades pesquisadas apresentaram queda no número total de empregos na comparação com o mesmo mês de 2015, sendo os piores desempenhos registrados nos segmentos de concessionárias de veículos (-6,1%), lojas de vestuário, tecidos e calçados (-5,7%) e lojas de móveis e decoração (-5,5%). Em contrapartida, apenas as atividades de farmácias e perfumarias (2%) e supermercados (0,6%) geraram empregos na mesma base de comparação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *