Bem-Estar

Dicas para não comprometer a beleza no carnaval

Durante o carnaval os foliões abusam da exposição ao sol sem fotoprotetor, das bebidas alcoólicas, da alimentação gordurosa, da maquiagem, dentre outros exageros que causam arrependimento nos meses posteriores. O problema é que tudo isso compromete a saúde e beleza da pele. Para que não haja sustos depois da festa, a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, preparou algumas dicas primordiais e sugestões de produtos que não podem faltar na bagagem.

A alimentação deve ser leve, sem exageros calóricos e conter frutas, verduras e legumes. Principalmente os que fornecem nutrientes à pele, com propriedades antioxidantes, como a cenoura e a alface, por exemplo. “Invista nas folhas verde escuras, no tomate e no gengibre, que é anti-inflamatório. Uma boa fruta é o melão, pela propriedade imunológica e o do tipo cantalupe por ser fitoestrogenio natural”, conta a dermatologista.

Atenção para os alimentos de procedência desconhecida. Um bom exemplo deles são os vendidos em barracas de rua como os cachorros quentes, hambúrgueres e lanches com maionese.

Não se engane, cerveja não hidrata ninguém. Pelo contrário, se ingerida em excesso, pode gerar desidratação. “Bebidas como cerveja, vodca e outros destilados ajudam a desidratar, portanto se consumir essas bebidas, não se esqueça da água logo em seguida. Uma boa dica para hidratação é a ingestão de água de coco, isotônicos ou sucos naturais — no caso das frutas cítricas, cuidado para não se expor ao sol e causar manchas”, recomenda. Como as frutas vermelhas são difíceis de achar, há a opção de suco de amora, mirtilo e framboesa

O horário (de verão) para um bronzeamento saudável é até às 10h e depois das 16h. Fora destes horários, é imprescindível proteger-se, aplicando a cada duas horas uma camada adequada de protetor solar e hidratar-se com muita água. Caso queira fazer exercícios, é recomendável fazê-los bem cedo, ou no final do dia. “A escolha do filtro solar é primordial, com no mínimo FPS 30 e que contém ativos bloqueadores como dióxido de titânio e óxido de zinco. Para potencializar o efeito, use antes do protetor um creme com antioxidantes com Vitamina C, Vitamina E, Alistin e OTZ 10”, explica. “O mais importante é a reaplicação a cada duas horas ou sempre que transpirar muito ou tomar banho de mar ou piscina. Além disso, não deixe de passar o filtro solar também em dias nublados.”

Os óculos de sol também são um aliado nesta época porque protegem do excesso de claridade. A claridade dos raios solares nos obriga a contrair os músculos ao redor dos olhos, o que pode demarcar linhas de expressão.

Não ignore suas necessidades fisiológicas e durma, pelo menos, seis horas seguidas. “Use cremes antioxidantes noturnos e que contenham Overnight Repair, um ingrediente que estimula a reparação e regeneração das células que acontece no período noturno”, recomenda a médica. Mantenha o seu quarto fresco, escuro e confortável.

Se a festa foi longa e no dia seguinte os olhos ficaram inchados, uma alternativa rápida e momentânea é aplicar compressas de chá de camomila gelado por dez minutos e cabeceira elevada que promove vasoconstrição, diminuição do inchaço e ação anti-inflamatória pelo camazuleno e alfa bisabolol presentes na camomila.

Os cabelos e couro cabeludo também merecem cuidado. Use produtos específicos para proteção solar, chapéu ou um boné. Na praia ou piscina, leve uma garrafinha com água mineral e molhe sempre os cabelos depois de mergulhar para evitar o acúmulo de cloro ou areia. Se não for possível, use um xampu específico para equilíbrio dos cabelos na hora do banho. Durante o banho de sol, não se esqueça do leave-in para não ressecar os fios.

Os lábios são, sem dúvida nenhuma, uma das áreas mais sensíveis e delicadas do nosso corpo e precisam sempre de proteção contra agressores externos, que causam rachaduras, descamações, ardência e, pior de tudo, herpes, manifestação muito comum nessa época de frequente exposição ao sol, sem falar nos carcinomas. Para reduzir estes efeitos, o ideal é a utilização de princípios ativos importantes, encontrados em filtro solar, cuja ação recai sobre raios UVA e UVB. (Os fumantes precisam ter cuidado redobrado, pois o cigarro aumenta a formação dos radicais livres que atacam a pele e favorecem o aparecimento de vincos e rugas).

As cores fazem parte do feriado, mas não significa que se deve abusar da maquiagem. Use com moderação e prefira somente hidratantes ou BBcreams, ao invés de usar base. Evite o uso de batons de longa duração e prefira os que possuem proteção solar. Sempre se lembre de remover com produtos especiais para área dos olhos, de preferência bifásicos.

Tome muita água, mais do que os dois litros recomendados por dia, porque a transpiração é excessiva nesta época. Use roupas leves, de algodão e de preferência que tenha proteção solar; evite tecidos sintéticos. Na hora do banho, prefira a água de morna a fria, para não ressecar a pele e evite usar desodorante com alto poder antiperspirante, para não gerar inflamação. “À noite, invista em hidratantes pós-banho com ativos potentes como Hyaxel e antioxidantes como OTZ 10 e Coffee Skin. Aproveitar o carnaval e usar hidratantes corporais que podem ser misturados a óleos com partículas de mica dourada para efeito de hidratação e luminosidade”, indica. Ou se for brincar o carnaval e desfilar, pode usar para corrigir pequenas imperfeições uma base líquida misturada ao hidratante para aplicar nas pernas. Usar sempre após o sol um pool de antioxidantes de preferência com vitamina C e E.

Cuide das pernas e axilas com antecedência, para evitar inflamações. Nunca deixe para depilar com lâmina antes de ir para o sol, porque podem surgir ferimentos que ficam mais irritados ainda com o contato com o cloro ou a água do mar e areia. Depois, não se esqueça de aplicar filtro solar na região.

Depois de frequentar a praia, podem surgir infecções na pele, causadas por fungos e bactérias da areia. Por isso, cuidados com a higiene precisam ser redobrados.

Se for viajar de avião, atenção principalmente no que se refere à hidratação da pele. “Antes de decolar, coloque uma camada generosa de hidratante no rosto e mãos (não esqueça as cutículas). Durante o voo, borrife água termal no rosto várias vezes, se a viagem for longa”. Além da pele do rosto, uma das áreas que mais sofrem com o ar seco das cabines são os lábios. “Eles também devem estar protegidos com protetor labial”, finaliza a médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *