Mercado de Trabalho

Dia do freelancer: conheça histórias de quem mudou de vida apostando nessa atividade

Aumento de ganhos em 16x e volta ao mundo são algumas das conquistas desses profissionais

No dia 21 de setembro é comemorado o Dia Internacional do freelancer. De acordo com um levantamento realizado pela Workana, plataforma de trabalho freelance com atuação em toda a América Latina, a atividade cresceu 181% na América Latina no último ano. Com tanto crescimento, a vida de milhares de pessoas vem mudando e acompanhando o novo perfil do profissional latinoamericano.

Guillermo Bracciaforte, COO da Workana, explica que administrar o próprio trabalho é algo que permite maior liberdade no dia a dia, um dos pontos que chamam atenção dos profissionais. “O perfil do trabalhador brasileiro mudou, e os empregos precisam acompanhar essa mudança. Nesse movimento, os profissionais vêm buscando novas oportunidades que permitam conciliar seus sonhos com o trabalho, valorizando mais a família e as conquistas pessoais”, revela Bracciaforte.

Para comemorar este dia, separamos cinco histórias inspiradoras:

1) Crescimento de ganhos profissionais

Fernanda Ferraz tem 5 anos de experiência como freelancer trabalhando com criação de artigos, ebooks e infoprodutos, administração de negócios virtuais, e até mentoria e consultoria para empreendedores. Hoje, possui uma carteira de clientes e ganha até 16x mais do que ganhava trabalhando para uma empresa em regime CLT. “Meu sucesso também se baseia pelos conhecimentos que possuo – que são bem diferenciados do que se costuma encontrar por aí e por todos os resultados que tenho proporcionado para meus clientes”, diz Fernanda.

2) Transição de freelancer part-time a freelancer full-time por causa da família

Carla Larrossa é redatora freelance e também trabalha na área de suporte administrativo. Ficou desempregada quando seus empregadores descobriram que estava grávida, por isso precisou buscar uma alternativa para continuar trabalhando. “O trabalho como freelancer proporciona tudo o que sempre desejei: possibilidade de passar mais tempo com minha filha e independência financeira”, conta Carla.

3) Freelancers que criaram uma equipe de trabalho

Liferson de Freitas é redator freelancer e trabalha com uma pequena equipe, formada por ele (produzindo conteúdo e otimizando SEO), sua esposa (revisando textos) e um freelancer contratado na Workana (como redator). Já concluiu mais de 60 projetos na plataforma como cliente, e ainda mais projetos trabalhando como profissional. “Para mim, a verdadeira essência do freelancer inclui determinação, foco bem direcionado e melhorias constantes para se manter atualizado no mercado de trabalho”, diz Liferson.

4) Freelancers que montaram uma empresa

Raul é empreendedor e freelancer na área de TI e programação. Largou o seu emprego e começou a trabalhar como freelancer. Já no primeiro mês, conseguiu ganhar o dobro do que ganhava como funcionário. “Em 6 meses abri a empresa, formalizei e contratei meu primeiro funcionário. Hoje com quase um ano já conto com 5 funcionários internos + equipe de parceiros freelancers”, diz Raul.

5) Freelancers que decidiram viajar trabalhando

Janeh Ribeiro é freelancer na Workana e trabalha com tradução, conteúdos e suporte administrativo. Nos últimos anos, mudou significativamente a sua vida e passou a viajar pelas Américas enquanto trabalha freelance. “Há dois anos e meio decidimos quebrar paradigmas e mudar radicalmente nossa vida. Deixamos empregos, vendemos casa, carro, móveis, compramos um motor home e saímos para um projeto, de um ano, rodando pelas Américas. Fomos do Brasil aos Estados Unidos e voltamos”, diz Janeh.

Foto: tinybuddha.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *